Juliano Rigon vence prova de poucos incidentes Phoenix

Piloto do Timão assume a segunda posição na classificação geral e entra de vez na disputa do título

O F1 Brasil Clube realizou nesta quarta-feira (24) no oval de Phoenix a quarta etapa da Indy Legacy, onde menos incidentes foram vistos em relação às provas anteriores, e Juliano Rigon do Corinthians segurou os ataques de Vera Silva (Dragon Racing AV) para sair vitorioso na noite.

A sessão classificatória teve Marcio Mendes na pole position, seguido por Alvaro Wanderley, Vera Silva, Ricardo Pereira e Alexandre Rigon no ‘Top 5’, de 33 pilotos ao todo. Os outros pilotos do Corinthians não fizeram um bom quali e largaram do meio do pelotão.

A prova se iniciou com uma bela mostra de perícia e atenção dos pilotos, imediatamente formando a fila indiana e em ritmo consistente. Foram algumas boas voltas sob bandeira verde até que um acidente fosse visto, e por erro individual.

Mesmo algumas bandeiras amarelas, duas mais precisamente, foram agitadas por incidentes gerados por instabilidade de conexão, o famoso erro de netcode, como entre Alvaro Wanderley e Vera Silva, e entre Fernando Stropa e Vitor Tonini.

O líder do campeonato Ricardo Pereira era destaque na transmissão ao vivo, pois sendo o único a subir duas vezes ao pódio, tinha mais uma chance de ampliar sua vantagem na tabela estando em terceiro. Mas o destino não quis que fosse desta forma.

Mesmo uma dobradinha dos Rigon era possível, mas Alexandre foi atropelado por Thiago Castro na briga pela segunda colocação, tirando ambos da prova e estendendo o tapete vermelho para outro duelo.

O final era entre Juliano Rigon e Vera Silva, que foi ao ataque, buscou a entrada mais forte na última curva mas não teve espaço de Juliano, que cruzou a linha de chegada a frente e faturou o triunfo em Phoenix.

A vantagem de Ricardo Pereira na tabela foi reduzida: agora são 127 pontos ante os 118 de Juliano Rigon, e os 107 de Raphael Eckert. Vera Silva surge com força chegando a 91, e Rodrigo Konig na consistência é o quinto com 81. Entre as equipes, a EG Racing lidera com 277, seguida muito de perto pelo Corinthians 269, Wolfpack Motorsport com 213, e Dragon Racing AV com 201.

A Indy Legacy terá sua próxima etapa no dia 10 de março às 22h (horário de Brasília), no oval de Pocono, com transmissão ao vivo no canal F1BC no YouTube.

Final, 105 voltas
1 Juliano Rigon (Corinthians Bread King), 105 Laps
2 Vera Silva (Dragon Racing AV), -00.072
3 Marcio Mendes (EG Racing), -01.906
4 Raphael Eckert (EG Racing 2), -02.020
5 Emerson Takashima (Dragon Racing AV), -04.008
20 Rodrigo Konig (Corinthians Bread King), -2 L
22 Alexandre Rigon (Corinthians Gelo Pop), -12 L
32 Carlos Porto (Corinthians Bread King), -08.483 [LP]

Acompanhem o time de automobilismo do Corinthians no www.timaoracing.com.br e nas mídias sociais @timaoracing. O Corinthians no Automobilismo Virtual tem patrocínio de Bread King Alimentos, Gelo Pop Chapecó e Agência de Marketing Esportivo Hangar 8.