NOTA DE REPÚDIO

O Corinthians Racing, vem por meio desta, demonstrar o descontentamento com a prestação de serviço da liga F1BC, que infringiu o próprio regulamento em 2 etapas da segunda temporada da categoria Legacy, nas pistas de Texas e Charlotte.

Na etapa do Texas, a liga fez diferenciação subjetiva, deixando de punir 3 pilotos, que cometeram o mesmo ato de atraso em briefing de outros 5 pilotos. Estes formam punidos de forma imediata e com a retirada do servidor. Os pilotos aguardaram por 15 dias uma decisão da liga e não foi atendida, mesmo com a confirmação do erro.

Na etapa de Charlotte, a liga manteve a punição injusta aos 5 pilotos, que se organizaram em uma manifestação geral, contando com 28 pilotos, somente 5 não aderiram por desconhecimento ou discordar do grupo.

Com o erro cometido na etapa do Texas, e não correção, e mantendo a punição em Charlotte, de forma injusta, o clube entende que se um fornecedor de serviços não respeita o próprio regulamento, deixa de fazer parte do nosso hall de fornecedores e a partir da próxima temporada, se recusa a entrar nos campeonatos da liga.

Esperamos, com muito anseio, que a Liga F1BC reveja seus passos e que se renove, para que no futuro breve, possamos acreditar que seja apta a novamente organizar corridas de automobilismo virtual.

Já se passaram 22 dias e a direção da F1BC ainda não contatou os pilotos envolvidos nas punições. Consideramos esse ato um desrespeito com o cliente e com a equipes do Corinthians.

Atenciosamente,

Rodrigo Konig, diretor do Corinthians Racing.