Pausa no AV

Retificada em 12/03/2022 às 8:00

Equipe do Corinthians Sim Racing deixa o Automobilismo Virtual após a Temporada 1 de 2022.

A direção de competições de automobilismo do Corinthians decidiu, em conjunto com patrocinadores, pelo encerramento das atividades no automobilismo virtual após o término da primeira temporada de 2022.

O clube sempre se posicionou com profissionalismo que tem em outras categorias e durante os 3 anos que esteve em atuação, com muito trabalho, conseguiu dar o retorno aos patrocinadores e segurança aos pilotos. A equipe, além de inscrições e estrutura organizacional, conseguiu em vários momentos, bonificar pilotos por vitórias e títulos. Teve uma organização impecável, desde o início. E não desamparou os pilotos, nem mesmo após a decisão de retirada do esporte, arcando com as despesas da temporada 2 e liberando-os para que não precisem cumprir os compromissos contratuais, podendo se realocarem em outras equipes.

Retificamos a nota inicial, pois foi redigida no calor do momento, com informações baseadas em reuniões internas, e que não completou a ideia principal, que faremos a seguir:

O descontentamento dos pilotos com as moderações das ligas, que tínhamos mais pilotos inscritos, chegou ao seu ápice após diversos erros nas análises. Como não existe um órgão regulador, essa resposnsábilidade fica a cargo de comissários, que entendemos, não vivem do esporte, não recebem salários, muitos até, pilotos de equipes concorrentes, mas que tem em sua mão o poder de decisão. Sabemos que existem erros, por características humanas, mas quando se tornam recorrentes e de forma muito clara, sem correção, entendemos que deixam de serem de forma imparcial e profissional. E o clube, não compactua com esse amadorismo. Estas ligas não respeitaram nem o próprio código de conduta da plataforma e nem da própria liga e a direção técnica do clube fica de mãos atadas, perdendo a característica profissional. E neste caso, o clube prefere sair de cena, e deixar com que os pilotos decidam, em qual liga correr, se querem correr por resultados ou diversão, e se querem correr em ligas ou em corridas oficiais da plataforma.

Se essa decisão, baseada nestes problemas, foi dura para as ligas, talvez seria a hora de reverem seus conceitos e melhorarem. Para que num futuro próximo, mais equipes, que tem interesse no profissionalismo, achem que o investimento valha a pena. Não cabe a nós essa missão. O Corinthians encerra um ciclo comercial. Deixa de pagar a conta de algo que não acredita estar ao nível que projetamos, e essa é uma decisão unilateral.

Rodrigo König, diretor de competições do clube, que pediu a retificação desta nota, reafirma que: “Os pilotos do clube, não ficaram desamparados, e a Bread King irá manter o patrocínio para todos que correrão a temporada 2, mas sem o compromisso profissional, dando liberdade para que os pilotos possam se divertir mais. Com isso, abrimos espaço para que os pilotos que queiram focar em resultados, participem de ligas mais preparadas com moderação. Pilotos que queiram se divertir e focar esforços na transmissão e entretenimento, terão seu espaço. Os pilotos terão mais liberdade para competir onde quiserem, e isso é bom para ligas, porque cada uma atenderia uma necessidade, independente da vontade do clube.”

O Corinthians Sim Racing, conquistou em 3 anos, mais de 700 pódios e entre os títulos de temporada, individual e por equipes, esse número supera os 60 troféus de ouro. É considerada uma das equipes mais organizadas do automobilismo virtual e possui um ambiente profissional e amistoso entre os pilotos.

Agradecemos a todos os pilotos que, em algum momento, vestiram a camisa do Corinthians no AV, e desejamos muito sucesso na sequencia do esporte. Que seja apenas uma pausa, e que no futuro o Timão possa voltar a disputar títulos no simulador.

Agradecemos, também, a Bread King Alimentos, a Gelo Pop e a Agência Hangar 8 por acreditar em nosso projeto e sustentar a equipe nestes anos. Agradecemos aos demais patrocinadores e parceiros, que em datas pontuais, inseriram suas marcas e esforços para o projeto funcionar.

Um até breve e #vaiCorinthians