Timão vence o Festival BSB e chega a 36 títulos no Virtual

O Corinthians conquistou, em 2 anos no virtual 36 campeonatos, 27 vices e 31 terceiros lugares se consolidando como uma das maiores equipes de Automobilismo Virtual do Brasil

Nesta segunda (14) aconteceu o Festival BSB eSports, que reuniu 60 pilotos na tradicional pista de Ímola, na Itália, a mesma do terrível acidente que tirou a vida de Ayrton Senna. Os pilotos, a bordo da Mercedes AMG GT3, disputaram 2 provas classificatórias, nas quais 15 pilotos se classificavam para a grande final. Na primeira bateria, apenas Mateus Kael se classificou pelo Timão em 13º. Thomaz Cunha não conseguiu a classificação. Na segunda bateria e com a vitória, Bruno Risseto garantiu largar na primeira fila da final, e quem também conseguiu a vaga foi Jessé Alves, com a 4ª colocação. Adriano Pinheiro e Bruno Esposel também ficaram fora da final.

A bateria final do Festival BSB foi emocionante. Com um início de prova muito bom, Bruno Risseto pressionou o, até então líder, Eduardo Borget, por várias voltas, tentando a difícil ultrapassagem na pista de Ímola. Porém, o Eduardo errou e escapou em uma das curvas, deixando a liderança para Bruno, que a cada volta, abria distância do segundo colocado, terminando a prova com mais de 4 segundos a frente de William Candido. Jessé Alves terminou em 6º lugar e Mateus Kael, que bateu na primeira volta, não terminou a corrida. Essa foi a 36ª conquista de título do Corinthians, que acumulou, nos 2 anos, 594 pódios, sendo deles, 190 vitórias. Um marco para uma equipe que está a tão pouco tempo na categoria.

“Quando comecei a equipe, no início de 2019, pensávamos apenas em nos divertir, mas depois de conhecer a fundo, o momento tão bacana do Automobilismo Virtual, dediquei mais tempo a equipe, consegui mais apoio dos patrocinadores, que foram fundamentais para essas conquistas, e convidamos pilotos de excelente qualidade e capacidade. Esses números assustam, mas eu confio plenamente em meus pilotos e na gestão que aplicamos. Trouxe um pouco do real pro virtual, e acabou que deu certo! Hoje, somos elogiados pelos promotores de ligas, como uma equipe muito organizada, e também pela imprensa e narradores, pela forma que meus pilotos atuam. São rápidos e honestos! Mistura essencial pra fazer parte da equipe!” – comenta, animado, Rodrigo König, diretor do Corinthians no Rally e no Virtual.

Quem não fez por menos no ano foi o time de Oval. Das 8 conquistas do time na Temporada 4 de 2020, 5 vieram do Oval. Adriano Pinheiro foi o destaque individual com 2 conquistas, mas o quarteto Alexandre Rigon, Beto Soussa, João Ritter e Silvio Sanchez, conquistaram a tríplice coroa da Indycar, vencendo as 3 principais Ligas do Brasil. Foram campeões da temporada nas ligas F1BC, IRB Esports e Virtual Challenge. Além destas conquistas da Temporada 4, João Ritter também é destaque, se tornando o maior vencedor do time, desde o seu nascimento, vencendo 4 campeonatos.

Sempre pensando no desenvolvimento e na melhoria da equipe, o Corinthians Sim Racing fez um trabalho de caça talentos, e com a incansável busca de Bruno Risseto, a equipe começa 2021 com mais 3 grandes nomes do virtual: Caique Oliveira, Raphael Silva e o inglês Tom Bazley. O time ganha reforço de peso nos GTs também com a ajuda de Alexandre Rigon, que trouxe, através da Bread King, os pilotos Bruno Espose, Mateus Kael, Jamison e Enzo Sampaio, e os argentinos Matias Quaglia e Juan Manuel Fernandez. Com isso o Timão mantém a força das últimas temporadas e promete mais títulos para a Fiel Torcida em 2021.

Para a próxima temporada, o Corinthians trará não só novos pilotos, mas vai mexer também no seu marketing. Mudanças de site e mídias sociais estão por vir, para que o clube tenha ainda mais informações para a torcida, não só do Rally e do Virtual, mas em outras categorias do automobilismo. Fiquem atentos e acompanhem as notícias no www.rallytimao.com.br. O Corinthians Sim Racing tem patrocínio renovado com Bread King Alimentos, Gelo Pop Chapecó e Agência Hangar 8.